F I D E L I Z A R M A I S

Palavrões do Empreendedorismo

Lá está você no meio de uma reunião com investidores ou em uma conversa casual com parceiros e de repente, como de regra, surge aquela enxurrada de palavrões que você nunca ouviu na vida. Se você acaba de desembarcar no mundo do empreendedorismo- seja  ele físico ou virtual –  vai encontrar no seu caminho diversos jargões em inglês e termos tecnológicos, que de primeira vão lhe assustar e fazer sentido algum. 

 

Depois de estudar o mercado, montar seu negócio, investir em colaboradores, buscar bons fornecedores e estruturar todo o seu processo de vendas, ficar por dentro de todas as expressões do universo empreendedor parece uma tarefa de outro mundo! E foi por isso que para te ajudar a dominar esse novo dialeto, preparamos para você este super guia com os principais palavrões do empreendedorismo. Confira!

 

O primeiro termo que vamos conversar é o Bootstrapping, um processo no qual o próprio empreendedor financia os gastos, ideias, pagamentos e projetos da sua empresa, sem contar com a adição de capital externo de outras instituições, é quem vai com unhas e dentes para o mercado arcando com os custos iniciais. 

 

Talvez mais famoso do que Bootstrapping, o próximo termo é o Business model, usado na fase de criação de uma empresa, o business model fala sobre as técnicas e processos que os empreendedores precisarão enfrentar para tirar as suas ideias do papel, como as atividades realizadas, o relacionamento com os clientes, a situação do mercado, os custos e orçamentos, dentre outros aspectos. 

 

O mais importante é não confundir Business model com Business plan esse é o plano de negócios da sua empresa. É ele quem delimita como será feito o seu business model. Com esse planejamento é possível ter os dados da empresa, sócios, descrição de produtos e serviços, estratégias de comunicação e marketing, métricas, e assim por diante, geralmente o business plan é o documento apresentado para investidores durante a apresentação da empresa.

 

Outro conceito que vai te ajudar bastante daqui pra frente nas suas conversas com parceiros e fornecedores é o de Feedback, apesar da palavra ser pequena não se engane, o seu valor é imensurável, nenhum negócio para de pé sem um bom Feedback, ele nada mais é do que uma resposta bem estruturada sobre um ação, feed significa alimentar e back de volta, a tradução literal seria algo como “realimentar”, ou seja, dar uma resposta a uma atitude ou comportamento. É através de um bom feedback que você vai saber o que melhorar no seu negócio!

 

Um conceito que vem se tornando cada vez mais famoso é o de Mindset, usado em reportagens, programas de televisão, séries e principalmente ebooks, significa nada menos do que “modelo mental”, usado com muita frequência no mundo corporativo, representa a forma como uma pessoa pensa, é a configuração dos seus pensamentos, esquisito certo? Me deixe explicar melhor, mindset representa todo o conjunto das suas ideias, crenças e valores que uma pessoa possui, sempre que falamos sobre mudar o mindset, estamos falando em sair da zona de conforto e mudar a forma como pensamos a respeito de um assunto ou situação. 

 

Outro termo que irá te ajudar com qualquer boa reunião de negócios é KPI é uma sigla para Key Performance Indicator, que significa Indicador de Chave de Desempenho. Ele é responsável por medir o desempenho não só das áreas de uma empresa, mas como também de seus colaboradores. Elas são totalmente adaptáveis e ajudam muito no cumprimento de todas as métricas do time.

 

Um novo conceito de marketing de conteúdo que preza pelo dinamismo, uso da criatividade e gestão tecnológica inovadora para desenvolver marcas, estratégias e, principalmente, melhorar a experiência dos usuários Growth Hacking.

 

E claro, todo o bom empreendedor precisa ter seu Elevator pitch na ponta da língua, ou seja uma apresentação da ideia do negócio curta de aproximadamente trinta segundos (o tempo que uma pessoa passaria no elevador, por exemplo) para que você possa explicar seu negócio de forma rápida e simples para qualquer um e em qualquer lugar. 

 

Uma dica bônus que podemos dar para você é  a diferença entre CEO, CFO e CMO, apesar de serem siglas muito usadas e muito famosa poucas pessoas realmente sabem o que significa, por exemplo, CEO ou Chief executive officer: essa é  a definição usada para quem tem o cargo mais alto da empresa, geralmente o fundador da empresa, ou o presidente atual do negócio. Ou CFO  – Chief financial officer, este é o cargo ocupado pelo diretor financeiro do negócio. CMO Chief marketing officer que é cargo é ocupado pelo diretor de marketing da empresa. Normalmente, essa pessoa também é responsável pelo setor de vendas e prospecção.

Posts relacionados

Leave a Comment

Logo Fidelizar Mais

Programa de fidelização de clientes para e-commerce, focado em transformar clientes comuns em compradores leais.

©2017-2020 Todos os direitos reservados – FIDELIZAR MAIS SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA – CNPJ: 27.736.319/0001-36